Pular para o conteúdo principal

A Pilhéria numero 85 de 1923

A Pilhéria

Impresso na tipografia do Jornal do Recife, surgiu em setembro de 1921. Periódico humorístico, com charges políticas e caricaturas, traz também informações sobre vida social, cultural, literatura, moda feminina e esportes. Retrata aspectos da vida cotidiana e registra mudanças ocorridas nos hábitos, nos costumes e na paisagem social e urbana do Recife. Publicou diversas edições especiais, principalmente de Natal, Ano Novo e Carnaval. Contou com a colaboração do caricaturista J. Ranulfo, João Rialto (pseudônimo de Edigar Barbosa de Barros, poeta humorístico d'A Careta, publicada no Rio de Janeiro), dos poetas e escritores Austro Costa, Ascenso Ferreira, Mauro Mota, Álvaro Lins, Mário Sette entre outros. fonte aqui

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Raio atinge casa no Loteamento Vista Bela em Vitória -PE

Apesar do susto, ninguém se feriu. Chuvas fortes podem atingir a Mata Sul do Estado neste domingo, segundo Apac Um raio caiu no quintal de uma casa e causou pequenos prejuízos no Bairro Vista Bela, nas proximidades do presídio de Vitória de Santo Antão, na área urbana do município.  O fato aconteceu no início da manhã deste sábado (16), por volta das 7h. A residência atingida pertence ao carpinteiro Edvaldo da Silva Lima, de 39 anos. Ele estava dormindo na hora da descarga elétrica, mas levantou-se assustado após ouvir o estrondo. “Fui um barulho muito forte. Eu senti que foi alguma coisa caindo dentro de casa. Quando levantei pra ver, tinha um buraco na parede da cozinha”, contou.Atrás do imóvel tem uma obra sendo levantada. Edvaldo acredita que as ferragens da construção podem ter conduzido a energia e consequentemente a espalhado pra dentro de sua casa, provocando pequenas explosões em tomadas e itens eletrônicos. O aparelho de televisão e um roteador de internet tiveram…

STF rejeita pedido de mulher de Cunha para não ser julgada por Moro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello arquivou ontem (29) o habeas corpus em que a mulher e  filha do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pediam para não serem julgadas pelo juiz federal Sérgio Moro, da Justiça Federal em Curitiba. Na decisão, Mello entendeu que não é possível derrubar a decisão de um colega da Corte por meio de habeas corpus. No dia 15, o ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF, atendeu pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e desmembrou a investigação, deixando somente a parte do inquérito referente ao presidente da Câmara no Supremo. De acordo com a denúncia apresentada este mês contra o presidente da Câmara, Cláudia Cruz e Danielle Cunha, que também são investigadas com o marido e pai no Supremo, foram beneficiadas pelos recursos que estavam depositados em contas na Suíça atribuídas a Cunha. Com a decisão, somente Cunha responderá às acusações no STF. Pela denúncia, US$ 165 mil…

Rua do Jéquia em Vitória-Pe em décadas no passado

Foto da Rua do Jéquia, hoje Rua Dr. José Rufino Bezerra, ao lado do Fórum.
                                                Foto registrada em 1936.
fonte aqui